segunda-feira, 23 de março de 2015

Pudim de coco e cuajada





Bom dia!!!

Já nem me lembro da última vez que usei a cuajada e com
a validade a terminar resolvi pesquisar...
Receita vencedora do blog da Luísa, não resisto quando
o ingrediente é o coco!!




Muito simples:

1 lata de leite de coco(400ml)
1 pacote de natas
100gr leite
100gr de açúcar
2 saquetas de cuajada
25gr de coco ralado


Juntar todos os ingredientes, mexer bem.
Levar ao lume até ficar cremoso mexendo sempre.
Passar uma forma por água fria e colocar o creme.
Levar ao frio, eu deixei de um dia para o outro.
Desenformar e resolvi torrar um pouco de coco e
decorar.

Muito bom mas numa próxima vez vou colocar mais
coco!

Boa semana,
fiquem bem.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Pasteis de coco e morango



Bom dia!!

O blog da São, o Rapa Tachos não precisa de
apresentação, é um cantinho fantástico e que
está sempre a deixar-nos de água na boca!!
Tinha comprado as rodelas de massa da Buitoni e
ainda não sabia o que fazer com elas...
a São sabia!!




Vamos precisar:

10 rodelas de massa Buitoni
40gr de manteiga amolecida
150gr de coco ralado
100gr de açúcar
raspa de 1/2 limão
3 ovos
morangos


Comecei por forrar as formas com a massa e
reservei.
Numa tigela juntei todos os ingredientes e
misturei bem.
Coloquei um pouco de massa nas formas e depois
pedaços de morango e por fim mais massa.
Levei a forno quente por 30/35 minutos no meu
forno leva mais um pouco... vão espreitando
a partir dos 20 minutos.

Quando frios polvilhei com açúcar em pó.




Como cá em casa adoramos coco ficaram aprovadíssimos!
Obrigada São pelas tuas receitas fantásticas!

Fiquem bem.


segunda-feira, 16 de março de 2015

Biscoitos de azeite, canela e alecrim





Bom dia!!

Gosto de ter a lata dos biscoitos bem recheada,
adoro um bolinho com o café ou então nos dias que
chego depois das 23h com uma caneca de chá e
termino bem o dia!
Quando vi estes biscoitos e ainda por cima sem
manteiga... tinha que fazer!
O alecrim foi ideia minha e a receita original
está aqui.






Fiz assim:

1/2 chávena de azeite
350gr de farinha
125gr de açúcar
1 colher de café de bicarbonato
1 colher de chá de canela
2 ovos
1 colher de sobremesa de alecrim seco
1 gema para pincelar


Coloquei no processador os ingredientes
secos e liguei. Queria triturar o alecrim
para que liberte mais sabor.
Num copo juntei o azeite com os ovos e bati bem.
Com o processador a trabalhar juntei então
o azeite.
Transferi para uma taça e no meu caso foi
preciso amassar mais um pouco com as mãos.
Fiz bolinhas, coloquei no tabuleiro forrado
com o tapete de silicone e pincelei
com a gema.
Levei a forno quente durante 20 minutos.
Depois foi arrefecerem numa rede e guardar!


Muito aromáticos, a casa ficou perfumada!
E este biscoitos foram aprovados por todos!

Fiquem bem.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Artisan Bread






Bom dia!!!

Já tinha feito pão sem usar a MFP e gostei,
fica diferente e muito bom!
Quando vi esta nova técnica não resisti e com a folga
á porta não havia desculpas...
Tirei dicas de vários blog mas foi daqui que veio
a receita.





Fiz assim:

350ml de água morna
1 saqueta de fermento da Vahine
sal
500gr de farinha pré preparada para pão branco


Numa taça grande primeiro coloquei a água,
depois o fermento e o sal, mexi.
Juntei a farinha e mexi com a colher de pau
só mesmo para juntar os ingredientes.
Tapei e coloquei no forno para que ficasse
resguardado. Ficou 2 horas a levedar.
Depois liguei o forno, polvilhei o tabuleiro
com farinha de milho.
Peguei na massa, dei-lhe forma, fiz-lhe uns cortes
e coloquei no tabuleiro.
Deixei repousar 10 minutos e coloquei no forno.
Não esquecer de colocar algo com água junto com
o tabuleiro para dar humidade ao pão.
Esteve a cozer por 35 minutos pois gostamos do pão
bem cozido!


Ficou muito bom! estaladiço! irresistível não
ir buscar a manteiga!!

Fiquem bem.

segunda-feira, 9 de março de 2015

Bolo de Rapadura




Bom dia!!

Com uma semana de atraso, as minhas desculpas,
hoje trago o bolo que fiz com a rapadura.
Fica um bolo pequeno e denso mas guloso.
Como ainda tenho um bom bocado em casa vou fazer
numa próxima umas alterações e ver como corre...




Fiz assim:

1 chávena de chá de rapadura ralada
1 chávena de chá de água
2 chávenas de chá de farinha
1 colher de chá de canela
1 chávena de chá de manteiga
4 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó


Coloquei a rapadura e a água num tacho ao lume,
mexi até dissolver. Reservei.
Numa taça coloquei a farinha e a canela e a manteiga amolecida e
mexi bem. Juntei os ovos um a um mexendo entre eles.
Juntei a rapadura mexendo sempre e por fim o fermento.
Levei a forno quente numa forma untada com spray mais ou menos
40 minutos.

Nota: a massa fica liquida é mesmo assim!
e podem usar a rapadura norma.




Vou tentar aparecer mais por aqui mas não está
fácil a adaptação ao novo espaço de trabalho...

Boa semana,
fiquem bem.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Quem sabe o que é Rapadura???



Bom dia!!!

Quem sabe o que é rapadura??
Eu nunca tinha ouvido falar em tal coisa até
que a minha mãe me perguntou...
Viu um programa brasileiro da Ana Maria Braga em que
ela fazia um bolo com este ingrediente e ficou curiosa,
perguntou a uma vizinha brasileira aonde podia comprar e
ela disse que cá não arranjava mas que a irmã vinha a portugal
e trazia. Dito e feito!!




Curiosidade:

Rapadura é um doce de origem açoriana ou canária em forma de pequenos tijolos, com sabor e composição semelhantes ao açúcar mascavado. Fabricada em pequenos engenhos de açúcar, surgiu no século XVI como solução para transporte de açúcar em pequenas quantidades para uso individual . Como o açúcar granulado humedecia e melava facilmente, os tijolos de rapadura eram facilmente acomodados em sacolas de viajantes, resistindo durante meses a mudanças atmosféricas.

A rapadura é feita a partir da cana-de-açúcar após moagem, fervura do caldo, moldagem e secagem. É considerado um alimento com maior valor nutritivo que o açúcar refinado pois, enquanto este é quase exclusivamente sacarose a rapadura possui outras substâncias nutritivas em sua composição.

O nome rapadura, uma variação de "raspadura" (originada do verbo raspar), originou-se da raspagem das camadas espessas de açúcar presas às paredes dos tachos utilizados para a fabricação do mesmo.

É típica do nordeste do Brasil.


Acabou me dar o pedaço e eu é que fiz o bolo!
Amanhã já mostro como ficou.
Fiquem bem.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Bolo de aniversário



Boa tarde!

Ontem comemorou-se o aniversário do marido e claro que
têm que haver bolo apesar de ele não quer as velas!!
Este ano sem ideias para um bolo decorado resolvi fazer
assim... não ficou bem como eu queria... devia ter
comprado mais canudinhos e devia te-los cortado
melhor... mas no fim até ficou catita!




Bolo fiz assim:

5 ovos
200gr de açúcar
150gr de farinha
1 limão
1 colher de chá de fermento


Bati as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado.
Juntei a raspa e o sumo de limão e mexi.
Juntei a farinha e o fermento e envolvi bem.
Por fim bati as claras em castelo e envolvi na massa.
Usei uma forma de 20, untada e polvilhada e levei
a forno quente durante 25 minutos.

Deixei arrefecer e fiz o recheio com:

1 pudim boca doce
400mml de leite
3 colheres de sopa de açúcar
1 folha de gelatina
ananás em calda

Fiz o pudim normalmente e juntei a folha de gelatina
hidratada. Deixei arrefecer.
Cortei o bolo em 3 e recheie com o pudim e com pedaços
de ananás.
Depois barrei-o com 100gr de chocolate, 4 colheres de sopa de
leite e 1 colher de sopa de manteiga. Que derreti no micro ondas.
Depois foi só colar os canudinhos.
Decorar com o resto do ananás, chocolate e coco ralado.

Fica um bolo fofo e com o recheio e o ananás um bolo bem
fresco e guloso!!
E já foi para o ano há mais!

Boa noite, fiquem bem.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Tapioca com pudim




Bom dia!!

Quando vou ao japonês aqui perto gosto de terminar com
umas bolinhas doces, não sabia o que era e sempre
achei que nada tinha a ver com o restaurante
mas enfim é bom!
Descobri e a net e os blogues têm destas coisas
que era tapioca... não resisti e comprei.
Pesquisei e optei pela receita da Nani, Manjar de ideias doces.




Fiz assim:

1 Litro de leite
100gr de tapioca
200gr de açúcar(usei menos)
3 cascas de limão
50gr de manteiga
1 pudim do chinês

Demolhar a tapioca em água por 20 a 30 minutos basta cobrir de água.
Levei ao lume o leite, as cascas, a manteiga e o açúcar.
Quando quente juntei a tapioca e cozeu durante uns 5 minutos.
Mexendo para não colar. Por fim adicionei o pudim dissolvido
num pouco de leite que reservei e deixei cozer mais 2 minutos
mexendo sempre.
Na hora de servir, eu comi com canela.



Super aprovada! Mandei uma caixinha para a minha mãe e ela gostou
diz que era diferente mas bom!

Boa semana,
fiquem bem.